sexta-feira, 1 de março de 2013

Rota Marcia Prado interditada


Prezados Ciclistas,
As atividades de Cicloturismo na Estrada de Manutenção estão suspensas em sem data mínima para retorno das atividades.
Estipulamos uma data – a partir do dia 15 de Março – que não é oficial. Esperamos que durante este período a chuva cesse e a Equipe da Ecovias possa liberar o trecho e as atividades voltem às atividades.
Informamos que por ora, os seguintes Número de Termo da Descida de Bike estão suspensas:
Líderes:
Flávio Lapola;
Fábio Eduardo da Silva (data de 10 de Março);
Mauricio Luiz; e
Rogério Mendes.
Mais uma vez, lamentamos o ocorrido e pedimos para que alterem a data da descida de Bike,  postergando para 15 de Março em diante.
Mais uma vez, grato pela atenção de todos dispensada.
À disposição para eventuais dúvidas,
Vinícius Justo
Turismólogo – Monitor Ambiental
Equipe de Uso Público do Núcleo Itutinga Pilões

Novo comunicado

Disponibilizado no blog do parque na noite do dia 28/02:
A situação da Estrada de Manutenção da Ecovias está mais crítica do que esperávamos. Depois da chuva do último dia 22 – e mais um pouco no dia 26 – deixaram a estrada inacessível.
Ainda hoje o Gestor da nossa Unidade – Sr. Luis Fernando G. da Cunha – esteve em reunião com a Ecovias e foi nos informados que há 3 trechos da estrada que estão intransitáveis e com sérios riscos de novos deslizamentos.
Ficou decidido pelo Gestor que toda e qualquer atividade cicloturística na Estrada de Manutenção está definitivamente suspensa e não há mais nenhuma previsão para a reabertura da mesma.
Estamos aguardando qual será a estratégia que a Ecovias tomará para fazer a limpeza do local, destinação  do entulho que se encontra e como será feito o tratamento do solo para que não haja risco de novos desmoronamento.
Pedimos a colaboração e a compreensão de todos os ciclistas diante do ocorrido. NÃO TENTEM fazer a descida e não coloquem em risco a sua integridade física e dos membros do grupo. Divulguem a notícia a quem mais interessar e aguardem nossas informações a respeito da Estrada.
No site do “Vá de Bike” é possível ter a dimensão de como a área também foi afetada.
Agradecemos a equipe do site (em especial ao Willian Cruz) pela disposição em divulgar a situação atual da Estrada e informar o máximo possivel de ciclistas que também usufrui do trecho para o cicloturismo.
EcoSaudações!

Loading...